NOTÍCIAS
Bira sugere homenagem a Milton Santos
Deputado fez questão de elogiar a trajetória do geógrafo

Compartilhe

Em indicação encaminhada ao governador Rui Costa, o deputado Bira Corôa (PT) defendeu que a recém-inaugurada  Via Metropolitana (que interliga Salvador, Lauro de Freitas e Camaçari) seja batizada com o  nome do professor Milton Santos (Milton Almeida dos Santos). Ao justificar a medida, Bira resgatou a trajetória do geógrafo baiano, que nasceu na cidade de Brotas de Macaúbas, no dia 3 de maio de 1926.

De acordo com o deputado, Milton Santos se formou em Direito pela Universidade Federal da Bahia (Ufba), em 1948, mas não chegou a exercer a profissão. Na França, fez doutorado na em Geografia na Universidade de Strasburgo e, no final dos anos 50, retornou ao Brasil, momento em que criou o Laboratório de Estudos Regionais. “Destacou-se por seus trabalhos em diversas áreas da geografia, em especial nos estudos de Urbanização do Terceiro Mundo e por seus trabalhos sobre a globalização”,  reforçou Bira Corôa.

Além de geógrafo, Milton Santos foi jornalista e redator do Jornal A Tarde, entre 1954 e 1964. Com o golpe militar de 64, Milton foi morar na França, época em que exerceu a profissão de professor no país europeu. Depois lecionou em universidades de outros países, a exemplo da Inglaterra, Estados Unidos, Canadá, França, entre outros. “A obra de Milton Santos caracterizou-se por apresentar um posicionamento crítico ao sistema capitalista e seus pressupostos teóricos dominantes na geografia de seu tempo”, observou o parlamentar petista, defendendo a homenagem ao professor pela sua “grande trajetória”.
Divulgação/AgênciaALBA
  • Publicado em: 06/12/2018
  • Setor responsável: ASSESSORIA COMUNICACAO SOCIAL
  • Compartilhar: